Archive for dezembro, 2011

Aproxima-se a estréia de HAIR em SP!

em 29/dez/2011 em Blog por Dennys Távora | 8 comentários »
Aproxima-se a estréia de HAIR em SP!

Depois de uma temporada de muito sucesso no Rio de Janeiro, o musical HAIR, enfim, chega a São Paulo. Sua estréia está marcada para o dia 13 de Janeiro, no Teatro Frei Caneca. Assisti HAIR no Rio de Janeiro em novembro de 2010 e foi paixão à primeira vista. Acabei por retornar ao Rio muitas […]

Ler mais

O caminho do meu coração

em 26/dez/2011 em Poesia por Dennys Távora | 4 comentários »
O caminho do meu coração

O CAMINHO DO MEU CORAÇÃO       Caso alguém pretenda entender Por que te amo tanto assim, Só conseguirá se entrar e ver O segredo que há dentro de mim. Só que para se chegar sozinho Até onde nasce a minha emoção, Deverá antes descobrir o caminho Conducente ao meu coração. Também uma chave precisará ter, […]

Ler mais

Do amor, destemor

em 18/dez/2011 em Poesia por Dennys Távora | 2 comentários »
Do amor, destemor

DO AMOR, DESTEMOR     Se for para te aguardar, Eu te espero. Se tiver só a tua amizade, Eu a quero. Se for para dar um tempo, Não me importo. Se o teu amor for de outro, Eu suporto. Posso aceitar o que for, Estou para o que der e vier, Nada mudará o meu […]

Ler mais

Invasor amor

em 15/dez/2011 em Poesia por Dennys Távora | 4 comentários »
Invasor amor

INVASOR AMOR      Tão surpreendente é o amor, Aparece sempre sem avisar, Muito insinuante e sedutor, Depressa começa a enfeitiçar. É encantador esse tal invasor, Nem pede licença para entrar, Começa a penetrar sem pudor E deseja até a alma arrebatar. Ao dominar, enfim, o interior, Não é mais possível disfarçar, O brilho do olhar […]

Ler mais

Quem sou eu

em 11/dez/2011 em Poesia por Dennys Távora | 3 comentários »
Quem sou eu

QUEM SOU EU       Sou uma pessoa feliz, Amo muito a vida E dela sou aprendiz. Tenhos várias paixões, Mas, como qualquer um, Possuo imperfeições, Se os caminhos desta vida Ainda não sei de cor, Pelo menos busco, A cada dia, Tornar-me alguém melhor.   Dennys Távora   Related Tags:

Ler mais

Perseverança

em 07/dez/2011 em Poesia por Dennys Távora | 8 comentários »
Perseverança

PERSEVERANÇA         Se na tua dura vida a felicidade Parece estar em distante lugar, Maior precisa ser a tua vontade De persegui-la até a encontrar. E nunca temas uma tempestade, Não deixes nada te desanimar, Quanto maior for a dificuldade, Com mais empenho deves lutar. Sigas em frente com humildade, Buscando o […]

Ler mais

À espera do amor

em 05/dez/2011 em Poesia por Dennys Távora | Sem comentários »
À espera do amor

À ESPERA DO AMOR          Não me importo em te esperar, Aguardar-te-ei sem sentir dor, Poderás demorar se precisar, O tempo não esfriará meu amor. E quando quiseres me chamar, Bastará simplesmente me dizer, Longa distância vou atravessar, Sem mais demora, só pra te ver. E no belo dia que te encontrar, Saberei que terá […]

Ler mais

Judy Garland – O Fim do Arco-Íris

em 02/dez/2011 em Blog por Dennys Távora | 2 comentários »
Judy Garland - O Fim do Arco-Íris

No dia 19 de novembro, fui assistir o musical “Judy Garland – O fim do arco-íris”, dos prestigiados diretores Charles Moëller e Cláudio Botelho, que estreara na semana anterior no Teatro Fashion Mall, no Rio de Janeiro. Quem me conhece sabe o quanto aprecio teatro musical. Sou um apaixonado do gênero. O texto é de […]

Ler mais

O meu destino

em 02/dez/2011 em Poesia por Dennys Távora | 2 comentários »
O meu destino

O MEU DESTINO   O amor que meu coração invade Faz-me pensar em ti sem cessar, Traz aos meus dias felicidade E me dá mais razões de sonhar. É muito grande a minha vontade De bem perto de ti me encontrar, E embora seja enorme a saudade, A minha ansiedade vou dominar. O meu amor […]

Ler mais

Permanência

em 02/dez/2011 em Poesia por Dennys Távora | Sem comentários »
Permanência

PERMANÊNCIA   No meu pensar a tua imagem mora, Nele vejo o teu sorriso e o teu olhar, E tudo que sinto por ti ainda agora Continua a crescer e não vai acabar. A paixão que em meu peito aflora, Mesmo sem nada em troca esperar, Renasce mais forte a cada aurora, Até quando o […]

Ler mais