Archive for novembro, 2012

A hora do amor

em 30/nov/2012 em Poesia por Dennys Távora | 2 comentários »
A hora do amor

A HORA DO AMOR        Eu ficarei aqui e aguardarei a hora De um belo dia enfim te encontrar, Reclamo só do tempo que demora, Mas a saudade precisarei suportar. A paciência será a minha senhora, Por ti aguardo o quanto necessitar, Meu coração que te ama não chora, Pois sabe que agora precisa esperar. […]

Ler mais

Nossos laços

em 21/nov/2012 em Poesia por Dennys Távora | Sem comentários »
Nossos laços

NOSSOS LAÇOS        De mim já tens um pedaço, O meu coração fui te dar, Entre nós se criou um laço Que ninguém pode desatar. Se um dia sentires cansaço, Quero bem perto de ti estar, Com um carinhoso abraço Sempre poderei te confortar. Não há qualquer embaraço Capaz de poder nos separar, E se […]

Ler mais

Amor, teimoso amor

em 14/nov/2012 em Poesia por Dennys Távora | Sem comentários »
Amor, teimoso amor

AMOR, TEIMOSO AMOR        Herdei dos tempos de criança O hábito de persistir a sonhar, Por isso alimento a esperança, Apesar de nada poder esperar. Enquanto segues tua andança, Em ti jamais deixo de pensar, Embora diminuta a confiança, No amor continuo a acreditar. Palavras ficam na lembrança, Mas não as temo pronunciar, Ao longe […]

Ler mais

Acolhimento

em 08/nov/2012 em Poesia por Dennys Távora | Sem comentários »
Acolhimento

ACOLHIMENTO        Posso até atravessar o mundo Para ao teu lado me encontrar, Não hesitarei nem um segundo A estar ao alcance do teu olhar. Em mim palpita algo fecundo, Só aguarda a hora de frutificar, Do que sinto, não me confundo, A distância não o pode aplacar. Levo no coração algo profundo E é […]

Ler mais

Travessia do amor

em 05/nov/2012 em Poesia por Dennys Távora | Sem comentários »
Travessia do amor

TRAVESSIA DO AMOR        Sentimento tão belo não nego, Nele poderás sempre acreditar, O que sinto supera o meu ego, É maior do que podes imaginar. Passa o tempo e mais me apego, Em ti vivo todo tempo a pensar, Nossa paixão com carinho rego Para um dia ela poder frutificar. Estamos distantes, mas navego […]

Ler mais