Sem medo do amor

em 20/dez/2012 em Poesia por Dennys Távora | 4 comentários »

SEM MEDO DO AMOR      Sem medo do amor

 

A saudade sempre forte vem,
Quem ama não a pode evitar,
Não temo nada nem ninguém,
Ainda quero o sonho realizar.

Porém, a distância se mantém,
Tudo permanece no seu lugar,
No meu fiel coração também,
Nada parece pretender mudar.

E por não darmos passos além,
Cheguei a tentar me conformar,
Mas evitar o amor não convém,
Mais vale deixá-lo me inspirar.

 

Dennys Távora

 

4 comentários para "Sem medo do amor"

  1. Alexandra disse:

    Estou amando suas poesias são lindas ^^

    • Dennys Távora disse:

      Oi, Alexandra! Fico muito feliz por saber que você aprecia os meus poemas. É sempre muito gratificante ver que os meus poemas tocaram alguém. 🙂

      • Dalva Teixeira disse:

        Também estou adorando seus poemas, Dennys <3 Tenho publicado alguns deles, no meu perfil, assim que em dois grupos que criei, ou seja: "A Poesia é a Música da Alma…" e "Amor e Amizade". Espero que não esteja a cometer uma infração contra a lei 🙂 Saiba a cada a cada uma delas, cito sempre o seu nome, como autor. Muito obrigada!

        • Dalva Teixeira disse:

          Peço desculpa, pelos erros! Queria mencionar; “Saiba que a cada uma delas….”, mas me enganei no “tratamento” do texto 🙁 Ups… 🙂

Deixe um comentário