A flor da paixão

em 30/jan/2012 em Poesia por Dennys Távora | 6 comentários »

A FLOR DA PAIXÃO    

 

Eu, sentindo-me tão só e perdido,
Em um belo dia fui te encontrar,
Sentimento forte e jamais vivido
No meu coração foi desabrochar.

A flor da paixão não faz alarido,
Sua semente germina sem avisar,
Torna qualquer caminho florido
E num sonho nos leva a acreditar.

Se por amor vivo e sou movido,
Para a tristeza nunca sobra lugar,
Minha vida ganhou novo sentido
Ao saber o quanto quero te amar.

 

Dennys Távora

 

6 comentários para "A flor da paixão"

  1. Thania Tavora disse:

    Um doce.

  2. Adoro esse poema que só não é mais lindo do que quem o escreveu. ;*

    • Dennys Távora disse:

      Obrigado pelo carinho, meu anjo. Se há beleza nos meus versos, fico muito feliz, pois a inspiração para escrevê-los veio, como sempre, dos seus belos e incontáveis encantos, que tanta luz e cores trazem aos meus dias.

  3. Thania Tavora disse:

    Tem razão. É sempre muito bom.

Deixe um comentário