O gosto de uma entrega

em 27/mar/2012 em Poesia por Dennys Távora | Sem comentários »

O GOSTO DE UMA ENTREGA    

 

Do que sinto por ti gosto de falar
Sempre de um modo bem efusivo,
Não precisas do que digo duvidar,
Meu modo de ser não é impulsivo.

Tenho certeza de não me enganar,
Há razão até em alguém emotivo,
O meu coração desejei te entregar
Por ver que ao teu lado feliz vivo.

Mesmo sem desejares me subjugar,
De boa vontade me fiz de ti cativo,
É o que me faz hoje querer te dar
O meu amor com sabor definitivo.

 

Dennys Távora

 

Deixe um comentário