O grande sucesso de TIM MAIA – Vale Tudo – O Musical

em 24/abr/2012 em Blog por Dennys Távora | 2 comentários »

Desde a estreia no Rio de Janeiro, em agosto de 2011, no Teatro Carlos Gomes, prosseguindo a temporada carioca em teatros cada vez maiores, como o Oi Casa Grande e o João Caetano, o musical TIM MAIA – Vale Tudo tem sido aclamado pelo público e pela crítica, apresentando-se sempre para plateias lotadas. O sucesso é realmente impressionante! Mais de 100.000 pessoas assistiram ao musical no Rio de Janeiro!

Após um início tão apoteótico, em boa parte decorrente da elogiada interpretação de Tiago Abravanel, foi com grande expectativa que o musical chegou ao Teatro Procópio Ferreira, em São Paulo, no início de março. Além de ter de enfrentar a concorrência de outros quatro grandes musicais simultaneamente em cartaz na cidade, carregava ainda a responsabilidade e o desejo de justificar perante o público paulistano o imenso sucesso obtido na temporada carioca. E o êxito foi total! Quem desejasse conseguir ingresso em bom lugar, precisaria ser ligeiro. Quem não conseguisse a poltrona desejada, mas pretendesse assistir ao musical, não deveria ser exigente quanto à localização do seu assento e adquirir depressa o que encontrasse disponível. Quem assim o fez, teve ou terá a oportunidade de presenciar um verdadeiro show da explosiva revelação chamada Tiago Abravanel. Já aqueles que decidiram esperar um pouco para adquirir um lugar no Teatro Procópio Ferreira, terão de torcer muito por um prolongamento da temporada que, a princípio, vai até o dia 26 de junho, pois todos os ingressos já se esgotaram!

É bem verdade que TIM MAIA – Vale Tudo não atraiu para a sua plateia apenas os amantes do teatro musical, mas seduziu também a imensa legião de fãs daquele cuja história e narrada no espetáculo. De todo modo, o sucesso é indiscutível!

TIM MAIA – Vale Tudo é um musical de menor porte se o compararmos com as outras produções atualmente em cartaz em São Paulo. O cenário é simples, mas não por carência de recursos e patrocínio, e sim por opção do diretor João Fonseca. Há uma banda de sete músicos no fundo do palco, alguns elementos cênicos ilustram certos momentos, tais como uma pipa, boias e um pequeno avião, além de um grande painel luminoso, que começa a ser utilizado quando a narrativa chega aos anos 70. A simplicidade do cenário acaba por exigir mais dos atores que, por sua vez, não decepcionam e conseguem dar um ritmo dinâmico ao espetáculo de três horas e meia, incluindo o intervalo. Um pouco longo, é bem verdade, mas de modo algum cansativo.

O musical é baseado no livro biográfico “Vale tudo – O som e a fúria de Tim Maia”, escrito por Nelson Motta e publicado pela Editora Objetiva. Nelson Motta, aliás, é também o autor do texto do espetáculo,

São 11 ótimos atores em cena, mas quem chama mesmo a atenção é Tiago Abravanel como Tim Maia. Por seus gestos, pelo modo de falar, pelo carisma e pela incrível voz, é como ver o Tim no palco! E olha que imitar a voz do “síndico” não é algo fácil! A forma com a qual a jovem revelação dominou o personagem é algo que jamais vem por acaso. É, certamente, fruto do seu talento, mas também de muito estudo e dedicação.

Antes, Tiago Abravanel havia atuado nos musicais “Miss Saigon” e “Hairspray”, mas em papéis de pouco destaque. Subitamente, tornou-se uma das estrelas do teatro musical brasileiro. A visibilidade alcançada pelo musical já lhe rendeu, inclusive, um contrato para participar da próxima novela de Glória Perez. Pelo que vi no palco, o sucesso é merecido.

Ao longo do espetáculo, passa-se pelos momentos marcantes da vida do célebre cantor e compositor e também se descobre alguns fatos que inspiraram algumas das suas canções de sucesso.

 A vida do cantor e compositor Sebastião Rodrigues Maia, mais conhecido como Tim Maia, é narrada pelos demais atores, que também interpretam com competência e de modo muito divertido outros artistas e personalidades com quem o Tim conviveu na sua juventude no bairro da Tijuca, como Jorge Benjor e Roberto Carlos, e ao longo da sua vida, como Elis Regina, Chico Buarque, Edu Lobo, o próprio Nelson Motta e outros não famosos, abordando a infância na Tijuca, como filho caçula de 12 irmãos, a descoberta da música, os primeiros shows, as primeiras frustrações na carreira, a aventura nos Estados Unidos, os primeiros contatos com as drogas, o retorno como deportado ao Brasil, a surpresa ao ver o sucesso alcançado pelos amigos de infância, a explosão nos anos 70, os amores, a vida desregrada, os vários autos e baixos da carreira, até o seu último show.

O texto não faz concessões ao seu personagem principal. As drogas que acabaram com a sua vida e carreira, a dieta absurda e a indisciplina de Tim Maia são expostas de frente.

Um dos grandes méritos do musical, a meu ver, é ter conseguido dar ao texto e à narrativa o tom extrovertido e bem humorado do próprio Tim Maia. A plateia se diverte durante todo o espetáculo. Esbanjando carisma, Tiago Abravanel  ainda interage com o público em “cacos” geniais, demonstrando ter algo da comunicabilidade e habilidade de improviso de seu avô, o empresário e apresentador de televisão Sílvio Santos. Merece destaque também as interpretações de Reiner Tenete, como Roberto Carlos, Izabela Bicalho, como Elis Regina, e Lilian Valeska, como Janete, o primeiro grande amor de Tim Maia. O elenco conta ainda com a bela voz de Aline Wirley, Andreh Viéri, Bernardo La Rocque, Evelyn Castro, Letícia Pedrosa, Pablo Àscoli e Pedro Lima.

As vinte e seis músicas fantásticas e incrivelmente interpretadas completam o espetáculo. Se fosse apenas um show cover do Tim Maia, já valeria a pena assisti-lo, mas vai muito além!

Há quem diga, inclusive, que assistir ao musical TIM MAIA – Vale Tudo é melhor do que ir a um show do próprio Tim, se este ainda estivesse vivo, pois há certeza de que o espetáculo será realizado.

Brincadeiras à parte, numa época de explosão de musicais no Brasil, particularmente no eixo São Paulo-Rio, onde predominam importações produzidas com muita competência, o grande sucesso de um musical genuinamente nacional é motivo de grande alegria.  Que venham outros!

Para quem não conseguiu ingresso, enquanto torce por um prolongamento da temporada, vale conferir um pouco de TIM MAIA – Vale Tudo – O Musical no vídeo a seguir:


SERVIÇO:

Temporada até 24 de junho de 2012

Teatro Procópio Ferreira
Rua Augusta, 2823
Tel.: (011) 3083-4475

Quintas, às 21h. Sextas, às 21h30. Sábados, às 21h. Domingos, às 18h

Valor dos ingressos: R$ 50,00 a R$ 120,00 (quinta e sexta) e R$ 70,00 a R$ 150,00 (sábado e domingo). Bilheteria: 14h/19h (terça e quarta); a partir das 14h (quinta a domingo).

Vendas pela internet: http://www.ingressorapido.com.br

OS INGRESSOS JÁ ESTÃO ESGOTADOS ATÉ O FINAL DA TEMPORADA.

 

2 comentários para "O grande sucesso de TIM MAIA – Vale Tudo – O Musical"

  1. kedma anne disse:

    Poxa , me emocionei!!!Senti saudades , espero um dia ver de perto.Parabéns a esse elenco maravilhoso…bjos

Deixe um comentário