• De ônibus na Copa

    em 08/jul/2014 em Crônicas por Dennys Távora | Sem comentários »
    De ônibus na Copa

        por Dennys Távora   Se um jogo do Brasil na Copa do Mundo cai em um dia normal de trabalho, repete-se um ritual bem conhecido dos brasileiros: liberação antecipada do trabalho e do estudo a fim de possibilitar que todos possam voltar as suas casas ou se reunir com os amigos para torcer pelo Brasil. Já se tornou uma tradição! Brasileiro é folgado? De modo algum! Somos um povo muito trabalhador. Apenas amamos a Copa do... Ler mais

  • Como é bom festejar a Copa!

    em 27/jun/2014 em Crônicas por Dennys Távora | Sem comentários »
    Como é bom festejar a Copa!

        por Dennys Távora   Copa de 70, dia da final entre o Brasil e a Itália, dois bicampeões mundiais. Quem vencesse pela terceira vez tomaria posse definitiva da taça Jules Rimet. A expectativa e a confiança da torcida brasileira eram enormes. Apesar do país se encontrar sob uma ditadura militar, o clima era de festa. Até quem se opunha ao regime e receava o uso político de uma vitória do escrete canarinho, àquela... Ler mais

  • É gol de Jairzinho!

    em 09/jun/2014 em Crônicas por Dennys Távora | Sem comentários »
    É gol de Jairzinho!

        por Dennys Távora   Na infância, cada celebração de mais um ano de vida tem tudo para se tornar um momento especial. No meu caso, porém, a timidez me levava a não desejar muito essas celebrações. Um singelo presente já era suficiente para não deixar a data passar em branco. Por tal razão, apesar de carregar inúmeras recordações dos tempos de criança, guardo poucas lembranças dos meus primeiros aniversários.... Ler mais

  • O meu pai me trouxe uma copa do mundo

    em 01/jun/2014 em Crônicas por Dennys Távora | Sem comentários »
    O meu pai me trouxe uma copa do mundo

        por Dennys Távora   – Pai, o senhor me traz uma copa do mundo? – Esta era a pergunta que fazia diversas vezes ao meu pai quando ele saía para trabalhar. Para evitar entendimentos equivocados, esclareço, desde logo, que o meu pai jamais foi um craque da seleção brasileira de futebol. Na verdade, sequer um bom peladeiro ele era. Porém, o que verdadeiramente importa é que ele compreendia perfeitamente as... Ler mais

  • Contigo

    em 02/out/2013 em Poesia por Dennys Távora | 4 comentários »
    Contigo

    CONTIGO        O que sinto com tanta intensidade Nem o tempo será capaz de apagar, Reforçou o laço da nossa amizade, Fez o meu carinho por ti aumentar. Estar longe não era minha vontade, Mas no amor não vou desacreditar, Sempre com inabalável fidelidade Continuarei ao teu lado a te apoiar. Quero te ver bem e feliz de verdade, Conseguindo o teu sonho realizar, Sei que ao perceber a tua felicidade A minha também poderei... Ler mais

  • O mais belo olhar

    em 29/ago/2013 em Crônicas por Dennys Távora | 4 comentários »
    O mais belo olhar

      por Dennys Távora   Ela é adoravelmente vesga. Quando a conheci, acreditava ter sido atraído pelo brilho dos seus belos olhos verdes, mas não! Apaixonei-me pela sua vesguice. Demorei um pouco para me dar conta disso, pois ela sabia disfarçá-la com arte. Não deixava de me olhar nos olhos, mas não o fazia de forma estática, direta e intimidadora, que ao perdurar pode incomodar ou provocar um pouco de tédio. Não! O seu rosto... Ler mais

  • O teu cabelo

    em 29/jul/2013 em Poesia por Dennys Távora | Sem comentários »
    O teu cabelo

    O TEU CABELO       Longo, liso, como sedosa moldura, As tuas curvas está a acompanhar, Valoriza a tua sinuosa escultura, Compondo um conjunto singular. De forma natural se faz a sedução Ao dar em mim o desejo de o tocar, Quero tê-lo entre os dedos da mão, Para de um jeito suave o acariciar. Do alto até embaixo o carinho faço, Sinto um perfume bem sutil exalar, Envolve-me como em um abraço, Leva-me ao delírio e me faz... Ler mais

  • Os nossos elos

    em 06/jun/2013 em Poesia por Dennys Távora | Sem comentários »
    Os nossos elos

    OS NOSSOS ELOS          O teu encanto aparece e me invade, Muda a minha vida e o meu olhar, Natural é te dar a minha fidelidade, No que precisares de mim te ajudar. Para suportar a inevitável saudade, Tento mais junto de ti me encontrar, Não desistir ao ver uma tempestade E me apresentar pronto a te apoiar. A união supera qualquer dificuldade, Uma corrente, então, vamos formar, Nossos elos feitos de amor e amizade, O tempo e a... Ler mais

  • O amor se fez razão

    em 22/mai/2013 em Poesia por Dennys Távora | Sem comentários »
    O amor se fez razão

    O AMOR SE FEZ RAZÃO        Um sentimento bem profundo Aprimorou a minha percepção, Veio e mudou o meu mundo, Tomou conta do meu coração. Do que sinto não me confundo, Sei de onde vem esta sensação, Lá do fundo da alma é oriundo, Onde nasce a minha inspiração. Já não passa mais um segundo Sem que cresça esta emoção, Este amor tão grande e fecundo É da minha existência a razão.   Dennys Távora   Related... Ler mais

  • A força da fé

    em 31/mar/2013 em Poesia por Dennys Távora | Sem comentários »
    A força da fé

    A FORÇA DA FÉ        A imensa dor que persiste E insiste em te incomodar, Ao amor e à fé não resiste, Por isso, haverá de acabar. Não necessitas ficar triste, Nunca deixes de acreditar, Nosso Deus Pai te assiste E jamais irá te abandonar. Se no peito a crença existe, Acha-se força para lutar, Apenas para quem desiste A alegria não há de chegar.   Dennys Távora   Related... Ler mais

A força do amor

em 14/set/2012 em Poesia por Dennys Távora | Sem comentários »
A força do amor A FORÇA DO AMOR        Creio que o amor tudo pode transformar, Nada mais me parece difícil ou distante, Qualquer sonho serei capaz de realizar Se nele acreditar e sempre seguir adiante. Poderei tropeçar, cair e até me machucar, Mas me manterei firme, forte e confiante, Nada adiantará reclamar ou chorar o azar, A caminhada exigirá que logo me levante. Para me motivar há o brilho de um olhar, Tão misterioso quanto belo e penetrante, Faz-me alguém muito melhor me tornar Ao tornar puro um coração antes errante.   Dennys Távora   Related... Ler mais

Retribuição

em 10/set/2012 em Poesia por Dennys Távora | Sem comentários »
Retribuição RETRIBUIÇÃO        Olhos que atuam como um manto, Ao brilharem vieram me fascinar, Envolvem-me num doce encanto Capaz de o meu caminho iluminar. É como escutar um mágico canto, A me fazer de ti sempre lembrar, Atuando como um doce acalanto, Fazendo-me até acordado sonhar. Junto de ti na alegria ou no pranto É o lugar onde quero sempre estar, Nunca me digas não merecer tanto, Desejo o melhor de mim te dedicar.   Dennys Távora   Related... Ler mais

Ansiedade e paciência

em 27/ago/2012 em Poesia por Dennys Távora | Sem comentários »
Ansiedade e paciência ANSIEDADE E PACIÊNCIA        O meu coração de alegria chora Desde que descobriu o teu olhar, Mesmo à distância ele te namora E contigo jamais para de sonhar. Se o amor nasce tal qual a aurora, Aparecendo para a vida iluminar, Não se deve deixar passar a hora Deste belo sentimento demonstrar. Eu gostaria de te encontrar agora, Mas não me incomoda te esperar, Tem pouca importância a demora Para quem deseja sempre te amar.   Dennys Távora   Related... Ler mais

Um amor presente

em 25/ago/2012 em Poesia por Dennys Távora | Sem comentários »
Um amor presente UM AMOR PRESENTE        No meu peito germinou a semente De uma afeição que não vai acabar, Um amor surgido tão de repente É algo que ninguém pode explicar. Se tenho visado me fazer presente E atenção e carinho desejo te dar, É porque és para mim um presente, Enviado para a minha vida alegrar. A ligação que nasceu entre a gente Nem a distância é capaz de abalar, Saibas que até se estiveres ausente É em ti que estarei sempre a pensar.   Dennys Távora   Related... Ler mais

Inevitável doação

em 16/ago/2012 em Poesia por Dennys Távora | Sem comentários »
Inevitável doação INEVITÁVEL DOAÇÃO        Jamais pensarei em te abandonar, Até se não mais me corresponder, O egoísmo em mim não terá lugar Nem um dia fará parte do meu ser. Não se trata de apenas te esperar, É que já és uma parte do meu ser, A melhor delas, não posso negar, Contigo é mais feliz o meu viver. Por isso, o meu coração fui te dar, Nem foi necessário me agradecer, Por ser um desperdício o guardar, Só me resta o meu amor te oferecer.   Dennys Távora   Related... Ler mais

Crônicas parisienses: “La Rue de la Gaîté”

em 10/jul/2012 em Crônicas por Dennys Távora | 2 comentários »
Crônicas parisienses: “La Rue de la Gaîté” Alegria! É em busca dessa agradável sensação que sonhos são construídos, planos são elaborados e realizados, estuda-se, trabalha-se e diverte-se. Há quem a experimente ao vê-la nos olhos dos outros. Há quem não seja tão generoso assim. Todos, porém, de alguma forma, vivem a buscá-la. Na primeira vez que visitei Paris, numa dessas adoráveis coincidências, posso dizer que me encontrei frente a frente com a alegria ou, pelo menos, com a rua que carrega esse nome. Quase em frente de onde estava hospedado, no bairro de Montparnasse, havia uma estação de Metrô. O nome dela me chamou a atenção: Gaîté, que em português significa alegria. Era um sentimento que, naquele momento, correspondia plenamente ao meu estado de espírito. Pareceu-me um bom presságio ter a... Ler mais

Crônicas parisienses: “Le Pont des Arts”

em 22/jun/2012 em Crônicas por Dennys Távora | 10 comentários »
Crônicas parisienses: "Le Pont des Arts" Não é a mais bela. Tampouco é a mais suntuosa. Longe disso! “Le Pont des Arts” é apenas mais uma dentre as trinta e sete pontes que cruzam o Rio Sena, em Paris. De estrutura metálica formada em arcos, presa a pilares de concreto, possui piso de madeira e serve de passagem para pedestres. É, na verdade, uma passarela, ligando o Museu do Louvre ao “Intitut de France”, sede das academias francesas. Na primeira vez que a vi, não gostei dela. Parecia-me rústica demais quando comparada a outras belas pontes que atravessam o Sena. Cheguei a evitá-la em todas as fotos que tirei, embora tenha me servido dela como mirante.  Preferia aquelas feitas de pedra e repletas de adornos, que me pareciam não só mais fortes como muito mais vistosas, belas e dignas de receberem evocações... Ler mais

Elevação

em 12/jun/2012 em Poesia por Dennys Távora | Sem comentários »
Elevação ELEVAÇÃO        Subirei aos céus para te encontrar, Adorável estrela de brilho intenso, Mesmo sem asas me porei a voar, Estar contigo é no que mais penso. Quero muito este sonho concretizar, O sentimento que carrego é intenso, É desperdício me eximir de te amar, Paixão tão bela assim não dispenso. Os obstáculos tentam me desanimar, Tornam o trajeto bem mais extenso, Mas em nós não deixo de acreditar, Por teu amor, tudo enfrento e venço.   Dennys Távora   Related... Ler mais

Necessidade

em 17/mai/2012 em Poesia por Dennys Távora | Sem comentários »
Necessidade NECESSIDADE       Não te pedirei que mais felicidade me aporte, Direito me falta para algo de ti reclamar, Sei que durante toda a minha vida tive sorte E a maior de todas foi um dia te encontrar. É que pareço às vezes não encontrar o norte, Fico sem saber ao certo qual rumo tomar, O coração me suplica que a saudade suporte, Mas sabe que o meu desejo é já te encontrar. Preciso muito de alguém que me conforte E que também me permita podê-la apoiar, Necessito de quem me abrace bem forte, Mostrando-me que o amor não vai me faltar.   Dennys Távora   Related... Ler mais

Amor de mãe

em 14/mai/2012 em Poesia por Dennys Távora | 6 comentários »
Amor de mãe AMOR DE MÃE       Repleto está de doçura Tão suave como a flor, Não altera a postura Mesmo diante da dor, O sentimento materno Está comigo aonde for, Exalante de ternura, Mostrando o seu valor E toda a sua candura, Perpetua o seu frescor, Faz-se presente eterno A me inundar de amor.   Dennys Távora   Related... Ler mais