Posts Tagged 'olhar'

O mais belo olhar

em 29/ago/2013 em Crônicas por Dennys Távora | 4 comentários »
O mais belo olhar

  por Dennys Távora   Ela é adoravelmente vesga. Quando a conheci, acreditava ter sido atraído pelo brilho dos seus belos olhos verdes, mas não! Apaixonei-me pela sua vesguice. Demorei um pouco para me dar conta disso, pois ela sabia disfarçá-la com arte. Não deixava de me olhar nos olhos, mas não o fazia de […]

Ler mais

Mais um ano

em 02/jan/2013 em Poesia por Dennys Távora | Sem comentários »
Mais um ano

MAIS UM ANO        O ano passou para não mais voltar, Mas te acresceu mais do que idade, Deu um brilho mágico ao teu olhar, Expressão de ternura e sinceridade. Se o teu sorriso veio me encantar, O teu amor o meu coração invade, Indiferente nunca conseguiria ficar Quando ousamos além da amizade. Existem tantas […]

Ler mais

Acolhimento

em 08/nov/2012 em Poesia por Dennys Távora | Sem comentários »
Acolhimento

ACOLHIMENTO        Posso até atravessar o mundo Para ao teu lado me encontrar, Não hesitarei nem um segundo A estar ao alcance do teu olhar. Em mim palpita algo fecundo, Só aguarda a hora de frutificar, Do que sinto, não me confundo, A distância não o pode aplacar. Levo no coração algo profundo E é […]

Ler mais

Amor e companhia

em 29/out/2012 em Poesia por Dennys Távora | 2 comentários »
Amor e companhia

AMOR E COMPANHIA          Há uma luz especial no teu olhar, Transmite-me confiança e alegria, Na beleza da vida me faz acreditar E me envolve numa aura de magia. Quero muito te ver sempre brilhar Sem te faltar disposição e energia, Com tenacidade sei que vais lutar, O teu futuro será repleto de alegria. A […]

Ler mais

A amizade no amor

em 26/out/2012 em Poesia por Dennys Távora | Sem comentários »
A amizade no amor

A AMIZADE NO AMOR        A minha presença terá constância, O meu carinho nunca vai te faltar, Para conseguir reduzir a distância Que ainda insiste em nos separar. O que tem para mim importância É te ver a vida bem feliz desfrutar, Notar sempre a alegria da infância No encanto do brilho do teu olhar. […]

Ler mais

O jardim e a flor

em 23/out/2012 em Poesia por Dennys Távora | Sem comentários »
O jardim e a flor

O JARDIM E A FLOR        Certa vez, dentre tantas flores, A mais bela veio me encantar, Desabrochava em lindas cores, Atraindo para ela o meu olhar. Havia vários aromas sedutores, Mas só um capaz de me cativar, Não mais sentia outros odores, Tão só o que ela estava a exalar. É um privilégio dos […]

Ler mais

Caminho da felicidade

em 15/out/2012 em Poesia por Dennys Távora | Sem comentários »
Caminho da felicidade

CAMINHO DA FELICIDADE        Estou sem rumo, feito um andarilho, Mas o medo jamais vai me paralisar, O bom caminho que encontro trilho, Mesmo sem saber aonde vai me levar. Não me detém qualquer empecilho, Nem obstáculos vão me desanimar, De todo problema me desvencilho Para os meus sonhos não abandonar. O meu olhar adquiriu […]

Ler mais

A luz do amor

em 01/out/2012 em Poesia por Dennys Távora | Sem comentários »
A luz do amor

A LUZ DO AMOR        A energia renovadora da natureza No teu coração poderás encontrar, Revelando-te toda a sua grandeza, Permitindo-te obstáculos superar. Para longe partirá a tua incerteza, Mais brilhante ficará o teu olhar, Resplandecendo ternura e beleza, Levando-te nos sonhos a acreditar. Então, o peso da dor se fará leveza, Os teus caminhos […]

Ler mais

A força do amor

em 14/set/2012 em Poesia por Dennys Távora | Sem comentários »
A força do amor

A FORÇA DO AMOR        Creio que o amor tudo pode transformar, Nada mais me parece difícil ou distante, Qualquer sonho serei capaz de realizar Se nele acreditar e sempre seguir adiante. Poderei tropeçar, cair e até me machucar, Mas me manterei firme, forte e confiante, Nada adiantará reclamar ou chorar o azar, A caminhada […]

Ler mais

A entrega ao amor

em 08/mai/2012 em Poesia por Dennys Távora | 2 comentários »
A entrega ao amor

A ENTREGA AO AMOR        Bastou um dia eu me ver sujeito Aos encantos do teu terno olhar Para que jamais encontrasse jeito Do teu amor nunca mais desejar. Poderia até silenciar por respeito, Do que sinto em mim não te falar, Porém o que levo dentro do peito É um grande desperdício sufocar. Um […]

Ler mais